quinta-feira , 18 Janeiro 2018
Home / Destaque / Bancários da Bahia e Sergipe aprovam participação na greve geral

Bancários da Bahia e Sergipe aprovam participação na greve geral

GetAttachmentThumbnail?id=AQMkADAwATZiZmYAZC1kY2YzLTkxOWQtMDACLTAwCgBGAAADalhUcRmnpkOsL0x92HZsbAAHAJjpQTcqZCVDoUEwphIfTRgAAAIBDAAAAJjpQTcqZCVDoUEwphIfTRgAAUwOSpUAAAABEgAQAKxOjtmeVlNNqw21C7RO7Wg%3D&X-OWA-CANARY=CqeXbodzd0S_nmIaTCQ_9uC6hks1h9QYpdAhi-nlNrQiUOerwrBQ9eAUIRlQws5fbQz0MKiFzTs.&token=b48b10d8-39a9-416b-84e1-e589fafa0201&owa=outlook.live Bancários da Bahia e Sergipe aprovam participação na greve geral
Os bancários da Bahia aprovaram, em assembleias realizadas nesta segunda e terça-feira, a participação na greve geral que acontecerá no dia 28 de abril contra as reformas trabalhista e da previdência.

Em Salvador, a assembleia da categoria, realizada no Ginásio de Esportes do Sindicato da Bahia, deliberou pela paralisação das atividades no dia 28. Nas assembleias realizadas no interior do estado, na base de Feira de Santana, Jacobina, Vitória da Conquista, Itabuna, Irecê e Jequié, os bancários também aprovaram a adesão à greve geral com fechamento das agências.

O Governo Temer tem promovido ataques aos direitos e conquistas dos trabalhadores, como a reforma trabalhista, que altera a CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) instituindo o negociado sobre o legislado e o acordo extrajudicial irrevogável, que impede o trabalhador de ir à Justiça buscar algum direito ou reparação de dano. Além da reforma da Previdência, que define a aposentadoria para homens e mulheres até os 65 anos e contribuição ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) por 49 anos para requerer o benefício integral.

Comments

comments

Veja Também

Baiano ganha R$ 4 mil na Justiça após operadora de telefonia o cadastrar como ‘Pidão de Crédito’

Um auxiliar administrativo de Feira de Santana, cidade que fica a cerca de 100 km ...

Close