quinta-feira , 18 Janeiro 2018
Home / História de Ilhéus

História de Ilhéus

C1B14DB3-CDD6-324A-7E16-70AA3D6D0ACB_650X450-300x208 História de Ilhéus Com quase 500 anos de existência e localizada a cerca de 462 Km de Salvador, capital da Bahia, Ilhéus é denominada a ‘Princesinha do Sul’ e está entre as sete cidades mais importantes do Estado (Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Camaçari, Itabuna, Juazeiro e Ilhéus). Junto com Itabuna, Ilhéus é considerada o centro regional de serviços. Sedia o Aeroporto Jorge Amado, sendo portão de entrada para as principais cidades do Sul da Bahia. É a cidade com o mais extenso litoral entre os municípios baianos, cerca de 80 km de belas praias.

Além da variedade de ecossistemas naturais, o município possui um vasto patrimônio cultural, histórico e arquitetônico, composto por belíssimos casarões. Tudo isso se junta a uma excelente infraestrutura turística, representada por uma eficiente e acolhedora rede hoteleira e por inúmeros bares, restaurantes e cabanas de praia, o que a torna a quinta cidade com maior fluxo de turismo internacional na Bahia.C1B14DB3-CDD6-324A-7E16-70AA3D6D0ACB_650X450-300x208 História de IlhéusA história do município se confunde com a própria história do cacau, que levou ao país e ao mundo a sua riqueza cultural, as potencialidades econômicas e a capacidade do povo de enfrentar e superar crises. Com a praga da cacauicultura, a Vassoura de Bruxa, na década de 80, Ilhéus enfrentou uma forte crise econômica, levando agricultores, população e governantes a investirem em outras áreas produtivas.

O turismo, a produção de chocolate artesanal e a criação do Parque Tecnológico foram as primeiras alternativas encontradas pelo governo e pela comunidade para superar a difícil fase, abrindo caminho para a atual diversidade produtiva e capacidade de assimilação novas propostas do município.

Associada a essa dinâmica, aspectos como a localização geográfica, as características socioambientais e a capacidade de desenvolvimento de pesquisas, através de instituições como a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac) e a Universidade Estadual da Santa Cruz (UESC), contribuíram para a atração de importantes empreendimentos como os que compõem o chamado Complexo Intermodal, previstos para ser inaugurados nos próximos anos. Entre eles: o Porto Sul, o novo aeroporto internacional, a chegada da Ferrovia Oeste-Leste (FIOL) e o funcionamento da Zona de Processamento de Exportações (ZPE), além da duplicação da BR-415.

Close