download Invasão jabista no governo MarãoApesar de ter apenas dois meses de mandato, cedo para avaliações, o atual gestor ilheense, Mário Alexandre, precisa acordar do êxtase eleitoral.

O prefeito deve estar atento ao número de jabistas em seu governo, em pontos estratégicos, a exemplo da Saúde, Educação, Assistência Social, setor de licitação, e Infraestrutura.

Com o discurso de que “depois da reforma administrativa acomodará os aliados”, o governo ainda não encaminhou o projeto de lei para o legislativo. O mais grave, existem pessoas sem ter sido nomeadas, falando em nome do governo.

O certo é que a atual gestão municipal continua com o corpo do governo de Jabes Ribeiro. Figuras que tinham esquema no jabismo, continuam dando as cartas no novo governo.

A exemplo da fábrica de Asfalto, que apesar de ter sido adquirida com recursos próprios da prefeitura, foi terceirizada a uma empresa privada com raízes jabistas. O ex-governo dava a desculpa de que não tinha nenhum servidor treinado para manusear a fábrica.

Qual será a justificativa do atual Governo?